Ciências Humanas e Sociais Aplicadas em diálogo com a Matemática

Temas Contemporâneos Transversais

Ciência e Tecnologia
Direitos da Criança e do Adolescente
Educação em Direitos humanos
Educação Financeira
Trabalho
Diversidade Cultural
Educação Fiscal
Educação para o consumo
Vida Familiar e Social
Educação ambiental
Saúde
Educação para a valorização do multiculturalismo nas matrizes históricas e culturais Brasileiras

Competências Gerais

CONHECIMENTO

Valorizar e utilizar os conhecimentos historicamente construídos sobre o mundo físico, social, cultural e digital para entender e explicar a realidade, continuar aprendendo e colaborar para a construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva.

PENSAMENTO CIENTÍFICO, CRÍTICO E CRIATIVO

Exercitar a curiosidade intelectual e recorrer à abordagem própria das ciências, incluindo a investigação, a reflexão, a análise crítica, a imaginação e a criatividade, para investigar causas, elaborar e testar hipóteses, formular e resolver problemas e criar soluções (inclusive tecnológicas) com base nos conhecimentos das diferentes áreas.

COMUNICAÇÃO

Utilizar diferentes linguagens – verbal (oral ou visual-motora, como Libras, e escrita), corporal, visual, sonora e digital –, bem como conhecimentos das linguagens artística, matemática e científica, para se expressar e partilhar informações, experiências, ideias e sentimentos em diferentes contextos e produzir sentidos que levem ao entendimento mútuo.

CULTURA DIGITAL

Compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares) para se comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e exercer protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva.

ARGUMENTAÇÃO

Argumentar com base em fatos, dados e informações confiáveis, para formular, negociar e defender ideias, pontos de vista e decisões comuns que respeitem e promovam os direitos humanos, a consciência socioambiental e o consumo responsável em âmbito local, regional e global, com posicionamento ético em relação ao cuidado de si mesmo, dos outros e do planeta.

AUTOCONHECIMENTO E AUTOCUIDADO

Conhecer-se, apreciar-se e cuidar de sua saúde física e emocional, compreendendo-se na diversidade humana e reconhecendo suas emoções e as dos outros, com autocrítica e capacidade para lidar com elas.

EMPATIA E COOPERAÇÃO

Exercitar a empatia, o diálogo, a resolução de conflitos e a cooperação,fazendo-se respeitar e promovendo o respeito ao outro e aos direitos humanos, com acolhimento e valorização da diversidade de indivíduos e de grupos sociais, seus saberes, identidades, culturas e potencialidades, sem preconceitos de qualquer natureza.

AUTONOMIA E RESPONSABILIDADE

Agir pessoal e coletivamente com autonomia, responsabilidade, flexibilidade, resiliência e determinação, tomando decisões com base em princípios éticos, democráticos, inclusivos, sustentáveis e solidários.

SENSO ESTÉTICO

Valorizar e fruir as diversas manifestações artísticas e culturais, das locais às mundiais, e também participar de práticas diversificadas da produção artístico-cultural.

PROJETO DE VIDA E TRABALHO

Valorizar a diversidade de saberes e vivências culturais e apropriar-se de conhecimentos e experiências que lhe possibilitem entender as relações próprias do mundo do trabalho e fazer escolhas alinhadas ao exercício da cidadania e ao seu projeto de vida, com liberdade, autonomia, consciência crítica e responsabilidade.

Habilidades

Economia

O que é economia?
Indicadores e sociedades - entendendo o noticiário econômico
Produto Interno Bruto (PIB)
Economia doméstica e o consumo
Avaliação de impacto: transferência direta e renda

Segurança Pública

O que é segurança pública?
Violência, desigualdades, sistema prisional e facções criminosas - entendendo o noticiário de segurança
Violência e desigualdades
- Adotar a noção de multiterritorialidade, experimentando vários territórios ao mesmo tempo e de, a partir daí, formular uma territorialização efetivamente;
- Analisar e Comprrender a territorialidade na singularidade pluralidade da Bahia;
- Promover os direitos de todos e ao ambiente saudável;
- Reconhecer o aumento da tolerância nas relações interpessoais;
Situação do sistema prisional brasileiro
- Adotar a noção de multiterritorialidade, experimentando vários territórios ao mesmo tempo e de, a partir daí, formular uma territorialização efetivamente;
- Analisar e Comprrender a territorialidade na singularidade pluralidade da Bahia;
- Promover os direitos de todos e ao ambiente saudável;
- Reconhecer o aumento da tolerância nas relações interpessoais;
- Identificar e se posicionar sobre as diferentes teorias que explicam a origem da vida na Terra.
- Identificar valores importantes para si e para o coletivo.
- Estruturar, relacionar, interpretar, organizar e produzir projetos temáticos, as relações processuais entre diversas linguagens artísticas, valorizando os elementos e recursos processuais específicos de cada uma das linguagens na cultura local;
- Relacionar as mudanças técnicas e científicas decorrentes do processo de industrialização com as transformações no trabalho em diferentes regiões do mundo e suas consequências no Brasil e na Bahia;
- Valorizar a determinação, esforço, auto eficácia, perseverança e auto avaliação;
- Valorizar e trabalhar as várias dimensões do ser humano com o Projeto de Vida, expandindo as aprendizagens para além da racionalidade cognitiva;
Jovens, violência e criminalidade
Avaliação de impacto: o caso da Lei Maria da Penha
Impacto da Lei Maria da Penha na violência contra a mulher
- Conhecer, identificar e explorar a diversidade de possibilidades que a dança mobiliza com os seus vários ritmos, movimentos e jogos de corpo através da prática da capoeira, hip hop, dança de salão, forró, xote, samba de roda, arrocha, valsa, salsa, lambada, dança contemporânea e dança afro-brasileira;
- Conhecer, identificar, analisar, relacionar e distinguir os traços e os elementos que caracterizam as Artes Afro-brasileiras Contemporâneas bem como os diferentes aspectos estéticos e políticos;
- Identificar valores importantes para si e para o coletivo.
- Garantir que a escola seja um espaço de sociabilidade determinante na construção social desses sujeitos;
- Identificar o valor da reflexão, da imaginação e da criatividade para a solução de situações cotidianas;
- Organizar práticas como ambiências criativas que acolham a participação dos estudantes, que reconheçam e promovam seu envolvimento político-comunitário;